Industria Têxtil Investiu U$S 315 Milhões em maquinário no primeiro semestre de 2021

Industria Têxtil Investiu U$S 315 Milhões em maquinário no primeiro semestre de 2021

Industria Têxtil Investiu U$S 315 Milhões em maquinário no primeiro semestre de 2021

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

A indústria da moda no Brasil mostra os seus sinais de crescimento e evolução neste ano. Segundo a Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção), as empresas brasileiras já investiram 315,6 milhões de dólares em equipamentos este ano.

Em comparação com o mesmo período de 2020, o crescimento do setor totaliza 36,3%.  Além disso, a produção de vestuário teve alta de 36,6 pontos percentuais em relação aos seis primeiros meses de 2020 e o varejo de vestuário teve um desempenho 26,2% maior que os do mesmo período de 2020.

De acordo com a pesquisa realizada pela Abit, 73% das empresas do ramo constataram um aumento da produção acima do esperado.

Segundo dados da Abvtex – Associação Brasileira do Varejo Têxtil – numa comparação entre o mês de junho de 2021 em relação ao mês anterior, as vendas em lojas físicas estiveram melhores de acordo com 71% dos pesquisados enquanto o e-commerce respondeu por 85 percentuais.

Estimativas para 2021

No mercado de manufaturas têxteis aguarda-se que 2 milhões de toneladas sejam produzidas até o fim do ano (com um aumento de 7,4% em volume em relação ao ano passado). Já no mercado do vestuário estima-se que até dezembro de 2021 sejam produzidas 5,7 bilhões de peças.

Nunca foi tão necessário e vantajoso automatizar a produção têxtil. Os números seguem crescendo, mesmo diante de um cenário desafiador, deve-se a grande capacidade de automatização das fábricas, que tornam as peças cada vez mais precisas, sem defeitos e produzidas em larga escala.

Mais Notícias e Eventos

Open chat